O homem tentou se refugiar na panificadora, mas os matadores o perseguiram até executa-lo

Homem é assassinado com cinco tiros no Bahia Velha

Atualmente Rio Branco, capital do Acre, respira pólvora, já que quase todos os desentendimentos entre pessoas envolvidas com a criminalidade acabam em execução.

Arquemildo Bezerra Rodrigues, de 41 anos, foi assassinado na tarde de sexta feira (06) com cinco tiros de revólver, por dois homens que se aproximaram em uma motocicleta. Após persegui-lo até uma padaria, nas imediações da residência da vítima, no Bairro Bahia, os matadores  o executaram impiedosamente.

De acordo com informações, Arquemildo estava em frente de sua residência, quando percebeu a chegada dos matadores, o que o levou a pressentir que se tratava de uma execução. O homem  correu em direção à padaria do bairro para tentar se livrar dos desconhecidos, mas foi alvejado várias vezes nas costas e pelo tiro de misericórdia que acertou seu olho, quando  já estava no chão.

A equipe avançada do SAMU foi até o local, mas lá chegando só teve como atestar o óbito.

No local onde aconteceu o crime, logo ficou repleto de curiosos, que a todo custo queriam saber a causa do assassinato.

Policiais militares do Terceiro Batalhão estiveram presentes na cena do crime, mas, como na maioria das vezes,   não conseguiram levantar informações sobre os assassinos.

A região onde o bairro está inserido é habitada por pessoas de baixa renda e o índice de violência é alto. Toda vez que acontece um crime é extremamente difícil conseguir informações que possam ajudar a elucidá-lo. Este fato acontece em virtude da lei do silêncio que impera em quase todos os pontos da cidade.

Peritos de criminalística do Instituto Médico Legal  realizaram a coleta de informações periciais e encaminharam o corpo para o IML onde foi expedido o laudo cadavérico e o atestado de óbito.

O crime será mais um a ser investigado pela Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa, DHPP.

Deixe o seu comentário!

Mais Lidas