Soldados do crime organizado mandam um recado à Defensoria Pública do Estado

Facções criminosas tentam aterrorizar o Estado e se impor pelo medo!! Tiros marcam a vitrine da DPE

A principal entrada da Defensoria Pública  do Estado do Acre  foi alvejada com tiros na madrugada deste sábado, por bandidos ligados ao crime organizado. Além de perfurar a porta da instituição com armas de grosso calibre os bandidos ainda prenderam na porta uma  carta com várias  reivindicações. Segundo informações, o vigia da instituição foi rendido e amarrado próximo a uma banana de dinamite.

No documento colado na porta da instituição os bandidos reivindicam assistência médica, odontológica, oftalmológica, como também assistência social, psicológica e trabalho interno.

Os autores da carta ameaçam represálias caso algum presidiário seja transferido para outro presídio fora do estado ou submetido ao RDD ( Regime Disciplinar Diferenciado). Exigem ainda a transferência imediata dos internos que estão no Pavilhão A, para outro presídio.

Ainda segundo o comunicado, se as reivindicações não forem atendidas e se os integrantes do crime organizado forem impedidos de atuar com tranquilidade, o estado não espere ações de pequenas proporções.

Pauta de reivindicações dos presos

 

 

Deixe o seu comentário!

Mais Lidas